(21) 3890-4336 / 98595-7097

Como se sentir protegido da violência?

Viver num momento de instabilidade urbana assusta, mas existem formas de prevenção para o dia a dia.

É do conhecimento geral que a violência aumenta cada dia mais em nosso país, gerando insegurança em que a maioria das pessoas não sabem como se proteger desse problema que causa tanto desconforto.

Cabe ao indivíduo buscar formas de se resguardar com estratégias simples, em que a principal arma é proteger sua casa. Você sabe como se proteger da violência? Veja algumas dicas de prevenção para sua residência:

  1. Cercas eletrificadas: são barreiras que usam o choque elétrico para impedir que as pessoas entrem em propriedades privadas.
  • Ronda: a ronda é um sistema de segurança residencial que costuma ser feito por um ou mais profissionais de uma empresa contratada, para que verifiquem se tudo está bem nos arredores da uma casa ou vizinhança.
  • Circuito fechado de TV (CFTV): é um sistema que capta e distribui sinais provenientes de câmeras de monitoramento instaladas em locais específicos. Entre os equipamentos utilizados nesse sistema estão câmeras, caixas de proteção para as câmeras, cúpulas para ocultar câmeras, monitores de vídeo time lapse, multiplexadores, que permitem a visualização de todas as câmeras em uma só tela.
  • Monitoramento 24h: esse sistema de segurança residencial geralmente é composto pela instalação de central de alarme com botão de pânico silencioso.
  • Sistema de segurança residencial integrado: são sistemas que unem sensores e câmeras em uma solução integrada, sendo gerenciados por uma única plataforma, e funcionam da seguinte maneira:
  • Sensores: detectam abertura e fechamento de portas, movimento, vidro quebrado e imagens, enviando um sinal para a central de monitoramento ou painel de controle.
  • Câmeras: internas e externas e com visão noturna, as câmeras de monitoramento permitem que você veja, de onde estiver, o que está acontecendo dentro ou nos arredores de sua casa. Podem se conectar à internet, enviando imagens diretamente para central de monitoramento ou o smartphone do proprietário.
Atendimento
Enviar via WhatsApp